Nelves explica porque não precisa ter dom para desenhar!

Você que curte desenhos realistas a lápis de grafite, entenda porque isso está ao seu alcance!

Agradeço o interesse em pesquisar informações do meu curso, seja sua intenção uma forma de aprimorar seus desenhos ou mesmo iniciar seus conhecimentos nesta técnica tão rica e gratificante que é o desenho REALISTA de OBSERVAÇÃO, a lápis de grafite.

Quero que meu curso, presencial ou pela internet, seja pra você, amante do realismo, com pretensões profissionais como tatuadores ou uma simples realização pessoal de aprender desenhar, tenha o mesmo sucesso que tem tido para centenas de outros alunos ao longo desses 15 anos de existência do curso.

Com certeza, existem bons cursos de desenho realista, com os quais não quero e nem faço quaisquer comparações. Meu intuito é apenas oferecer a você, que ama o realismo, mais uma boa opção de aprendizado.

Tudo o que você receber como informação durante o curso, seja a respeito da maneira como executo meus trabalhos, seja relacionado ao uso do material, método, técnicas ou opinião pessoal, é fruto da minha vivência como autodidata. Não sou e nem tenho nenhuma pretensão de ser o dono da verdade, também não julgo meu trabalho melhor que o de ninguém. Acredito, apenas, que tenho um bom trabalho, fruto da minha dedicação e amor a esta técnica durante toda minha vida. Sei que muito do que disser aqui, pode até ir contra o que se tem como convencional ou se ensina em outros cursos. Tampouco me vanglorio em ser autodidata, gostaria muito de ter tido alguma orientação durante esta minha trajetória, mas, por força das mais variadas circunstâncias isto não me foi possível.

Mas se você chegou até aqui é porque gostou do resultado nos meus desenhos e, assim será passado para você com a mais absoluta sinceridade, fidelidade e honestidade, a maneira exata como obtenho esses resultados. Que confirmem isto os alunos que fizeram ou estão fazendo o curso (Galeria dos Alunos). Quero que você seja mais um dos meus alunos a me orgulhar como tem acontecido durante todos esses anos. Nada pode ser mais gratificante que ver a satisfação do aluno em ter assimilado meu ensinamento e conseguido evoluir.

Para que isso aconteça verdadeiramente, afirmo com conhecimento que:

 Você também pode e tem capacidade que nem imagina para conseguir bons resultados, o curso é destinado tanto para profissionais que desejam aprimoramento, como para principiantes que nunca pegaram num lápis! O que o realmente conta é dedicação! Assim acontece com tudo que envolva aprendizado e, com meu curso não seria diferente!

Sou muito sincero ao dizer que se não houver dedicação com as informações recebidas, nada, mas absolutamente NADA vai acontecer! As aulas dispostas aqui são simplesmente para que o aluno entenda e veja como eu quero que ele veja, mas é preciso praticar essas informações. Deste momento em diante, ao praticá-las, é que ele me dá condições de orientá-lo, de acompanhá-lo dia a dia e levá-lo ao aprimoramento, portanto, neste estágio, é que vai valer passar toda minha experiência, eu dependo dessa dedicação para que ele evolua.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, meu curso não tem segredos trancados a sete chaves nas aulas em si, elas são totalmente inúteis se passadas para terceiros, o forte aqui e o que realmente conta é o meu acompanhamento com orientações individuais, cada aluno tem necessidades diferentes e precisam de orientações diferentes e exclusivas, que aliados a dedicação e perseverança do mesmo certamente vão trazer resultados!

Acompanhamento esse que se extende até mesmo depois do tempo de curso! Nosso contato não tem prazo para terminar, você vai ter minha assessoria e orientação a cada desenho feito por tempo indeterminado, pois, você poderá frequentar um ambiente exclusivo para quem fez meu curso, o Ponto de Encontro e, assim, teremos um contato permanente!

Tendo oportunidade, estando ou vindo a São Paulo, poderá me dar o prazer da sua visita ao meu atelier para ver alguns desenhos originais em suas mãos e tirar suas dúvidas pessoalmente comigo!

Quando se fala num curso de desenho de observação, muitas pessoas pensam que o objetivo do professor é apenas ensinar a desenhar. O que realmente pode ser ensinado é a linguagem do desenho, ou seja, os fundamentos básicos da linguagem visual e as técnicas, e daí, se o aluno se aplicar treinando o uso dessas informações, ele aprenderá a desenhar realisticamente. O desenho é a interpretação de qualquer realidade, através de uma representação gráfica e independe do que se tem em mãos, seja um lápis, pincel ou um aparelho para tatuagem, daí meu sucesso entre os tatuadores.

Qualquer pessoa
 pode aprender a desenhar, assim como pode aprender a ler, escrever ou fazer contas. Se não é fácil, assim como não é aprender ler e escrever, certamente, NÃO DEPENDE de DOM. O desenho é um dos instrumentos que uma pessoa usa para criar. Dominando o desenho, a pessoa com pretensões artísticas até modestas poderá desenvolver trabalhos expressivos, seja num papel, na tela, na pele como uma tatuagem, são coisas que lhe darão prazer e satisfação pessoal, uma verdadeira terapia.

O domínio do desenho de observação não depende de habilidade manual! Garanto a você que o desenho não começa pelas MÃOS, ele depende totalmente de uma VISÃO DIFERENCIADA, de um pensamento diferente, é isso que ensino no meu curso.
Para VER de maneira adequada e desenhar, é necessário pensar de uma maneira adequada, diferente do modo utilizado no dia-a-dia, é preciso usar o seu lado criativo que é o seu Lado Direito do Cérebro. É preciso despertar o artista que todos nós temos em nosso interior e não sabemos.

Mas isto por si só não basta! É necessário que se tenha um contato novo, vívido e físico com o objeto que se desenha, seja ao vivo ou através de uma imagem (foto), que é o nosso caso, por se tratar de desenho realístico de observação. Aprender a desenhar é apenas uma questão de aprender a ver, mas “ver corretamente”, o que implica muito mais do que ver apenas com os olhos. É isso que vai passar a entender com meu curso antes mesmo de tocar em qualquer material.

Obrigado,
nelves